BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Cocal dos Alves ganhará projeto cidade digital, diz Regina Sousa

A senadora Regina Sousa esteve nesta quinta-feira (3) com o ministro da Ciência e Tecnologia, Celso Pansera, para tratar da implantação do projeto de cidade digital em Cocal dos Alves, além de outros projetos de interesse do governo do Piauí, como a interligação do estado por meio de fibra ótica.

A senadora apresentou ao ministro a proposta de convênio que dotará a cidade de internet pública que já está sendo assinado entre o Ministério e a prefeitura. “Está dando tudo certo, o projeto já está sendo assinado. Estou feliz de estar saindo daqui com o projeto já sendo enviado para a prefeitura assinar o convênio. Vou me esforçar pela liberação do dinheiro”, destacou ela.


O município de cerca de 6 mil habitantes se destacou por conquistar 172 medalhas nos dez anos de realização da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). "Se aqueles meninos tiverem condições e equipamentos, poderão inventar coisas inimagináveis", previu a parlamentar.

Sobre a interligação do Piauí por fibra ótica, a senadora disse que é fundamental que o Piauí esteja todo interligado. "A gente anda pelas cidades, e a demanda principal já não é mais água ou luz, mas internet, porque as pessoas se sentem isoladas quando não estão conectadas", disse Regina Sousa, que sugeriu parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), responsável pelo programa Veredas Novas, iniciativa conjunta do MCTI e dos ministérios da Educação e das Comunicações para conectar, em alta velocidade, campi de universidades e institutos tecnológicos de todo o Brasil.

Segundo o diretor geral da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), Avelyno Medeiros, a malha de fibra óptica existente se concentra na região metropolitana da capital Teresina. "A ideia agora é expandir isso para todos os municípios, principalmente por meio de parcerias público-privadas", informou. "Já no sul do estado, com menor densidade populacional e comercialmente menos atrativo, há necessidade de investimento público."

Fonte: Cidade Verde



Nenhum comentário: