BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

terça-feira, 8 de março de 2016

Médico é denunciado por agredir verbalmente auxiliar de enfermagem do SAMU em Cocal

Atualizada em 07/03/2016 - 21h48

O Ministério Público do Estado do Piauí, através da promotoria de Cocal, denunciou o médico Carlos Rogério Costa do Lago à Justiça, acusado de se negar a prestar atendimento a duas vítimas de acidente de trânsito no Hospital de Cocal e ainda agredir verbalmente uma auxiliar de enfermagem grávida de cinco meses em 18 de janeiro de 2015. Clique aqui e veja a denúncia do M.P. na íntegra.


De acordo com a denúncia do promotor Francisco Júlio Ciarlini Mendes, a auxiliar de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Cleide Maria da Silva, solicitou que o médico plantonista atendesse as vítimas, mas o profissional se direcionou até a ambulância e, sem examinar os pacientes, indicou que eles fossem encaminhados ao Hospital de Parnaíba, pois não iria atendê-los.

Segundo os autos, pouco depois, o médico retornou à área externa do hospital e se deparou com a auxiliar, que aguardava a equipe reguladora do Samu para autorizar levar os pacientes até Parnaíba, quando o profissional a indagou por qual motivo ainda permanecia no local, no momento em que disparou: “que porra de médico, pois eu mandei você sair daqui” e em seguida afirmou que se as vítimas fossem seus parentes ateava fogo na ambulância. Cleide Maria da Silva sentiu-se mal e precisou ser amparada por terceiros e foi substituída por outra profissional.

Em face das informações constantes nos autos, o Juiz de Direito da Comarca de Cocal, Carlos Augusto Arantes Júnior, acatou a denúncia do Ministério Público com base nos artigos 331,132,286 e 135 do Código Penal. A decisão é do dia 21 de janeiro deste ano.

Outro lado

O médico Carlos Rogério Costa do Lago não foi localizado para comentar o caso. Ninguém do Conselho Regional de Medicina foi encontrado para se pronunciar. 




Nenhum comentário: