BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 21 de março de 2016

PC e GM deflagram operação e apreendem 2 motos adulteradas e prendem 2 pessoas por receptação em Cocal

A primeira fase da operação denominada "Cavalo de Aço", foi deflagrada na ultima sexta-feira (18/03), por agentes da Policia Civil e da Guarda Municipal, lotados na Delegacia de Cocal. A ação resultou na prisão de dois lavradores acusados de receptação, que foram identificadas como Jaime Araujo dos Santos e Antonio de Albuquerque Silva, ambos de 29 anos de idade; e na apreensão de duas motocicletas Honda Fan 125cc, de cor preta, ano/modelo 2011, com numeração do chassi e do motor raspadas. 


Conforme boletim de ocorrência (BO), a primeira motocicleta foi apreendida no inicio da tarde, no Bairro São Pedro, próximo a entrada que dá acesso a localidade Campestre dos Tonicos, zona rural do município. Os agentes avistaram um rapaz conduzindo a moto suspeita que estava sem a placa. Ao ser abordado o condutor disse que o veiculo era pertencente a um homem chamado Jaime. 


A policia foi ao encontro de Jaime, sendo que este informou que adquiriu a moto há cerca de cinco meses de um homem conhecido apenas pela alcunha de "Neném". Jaime apresentou uma nota fiscal alegando ser da referida moto, mas a mesma apresentou divergência de dados, já que a nota apontava ser de uma motocicleta ano 2006, e a que estava em sua posse era uma 2011. 


Ainda de acordo com o B.O., após semanas de investigação e horas depois da primeira captura, a equipe se dirigiu a residência de Antonio Albuquerque, no povoado Baixão do Segundo Campo, zona rural do município, onde confiscou o segundo veiculo adulterado e com suspeita de roubo/furto. 


Os dois homens receberam voz de prisão e foram conduzidos a Delegacia de Policia Civil de Cocal, onde foi lavrado o flagrante. A Delegada Daniella Dinali arbitrou uma fiança estipulada em 3 salários mínimos, R$ 2.640,00 (dois mil, seiscentos e quarenta reais), para cada envolvido, para que os mesmos possam ter o direito de responder ao processo em liberdade após o pagamento.


Antonio Albuquerque pagou a fiança e foi posto em liberdade no mesmo dia. Enquanto Jaime Araujo ainda segue encarcerado em uma das celas do distrito policial.





Nenhum comentário: