BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Sete anos após tragédia da Barragem Algodões, famílias ainda aguardam indenização

Na última sexta-feira a tragédia que matou nove pessoas na Barragem de Algodões completou sete anos, mas mesmo depois de tanto tempo nenhuma família que foi vítima sabe quando irá receber sua indenização. Na audiência pública que lembrou os sete anos do rompimento da barragem de Algodões no município de Cocal, deputados e vítimas pediram desfecho para um longo processo de negociação para o pagamento de indenizações para 850 famílias que ainda sofrem com as consequências da tragédia.


O governador Wellington Dias já determinou através de decreto a procuradoria Geral do Estado a negociar com as famílias o pagamento das indenizações. "A esperança é de que haja uma solução breve dessa questão na medida em que nós as vítimas abrimos mãos de dois terços do que perdemos, para recebermos um terço em vida" José Corcino, presidente da Associação das Famílias e Vítimas da Barragem Algodões I.

Do outro lado o deputado Mardem Menezes apela para a sensibilidade do governo. "A gente pede que de uma vez por todas eles acabem com esse problema. Não há dinheiro que pague o que as vítimas perderam", pontuou.

A Secretaria Estadual de Assistência Social, Sasc, se manifestou através de nota afirmando que as pensões de Cocal e de Buriti estão sendo pagas normalmente e que inclusive no dia 11 de junho será paga a próxima parcela da pensão onde o processo está empenhado. Já sobre a indenização, a SASC afirma que se reuniu recentemente com a Sefaz, com a procuradoria do Estado e representantes da associação e o Governo do Estado ainda está analisando quando ela será paga.

Reportagem de Elivaldo Barbosa 
Rayldo Pereira
Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário: