BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

sábado, 30 de julho de 2016

Ministro confirma aumento para o Bolsa Família no Piauí

Reportagem de PRISCILA CALDAS E ANDREIA SOARES, DO GP1

O governador Wellington Dias recebeu na manhã desta sexta-feira (29) no Palácio de Karnak, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. Na oportunidade, foi reafirmado o reajuste do programa Bolsa Família no Piauí, anunciado anteriormente pelo presidente em exercício, Michel Temer.

“Eu vim aqui para reforçar a parceria com o Governo do Piauí, pois nós não temos nenhuma política social que funcione no Brasil, se não tiver essa parceria com o estado - e esse particularmente é bem administrado por Wellington Dias, que eu conheço há muitos anos -, e também com os municípios, pois sem eles, também não conseguimos executar nada”, afirmou Osmar Terra.

Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, em Teresina-PI 
“Vim também aqui anunciar o aumento do Bolsa Família, que Michel Temer autorizou, quando conseguimos com a nova meta fiscal refazer o orçamento para poder executá-lo em 12,5%, que é o maior aumento do Bolsa Família. O presidente autorizou isso depois de dois anos sem reajuste. Isso é importante porque mostra a preocupação com a área social e reforça muito a valorização das famílias que estão no extremo da pobreza, e que possam recuperar o poder executivo e poder colocar um pouco mais de comida na mesa”, continuou.

Ainda segundo o ministro, para o Piauí, especificamente, o aumento de 12,5% corresponde a 10 milhões de reais a mais por mês e, R$ 120 milhões a mais por ano. O programa Bolsa Família atende cerca de 14 milhões de famílias no país.

Wellington Dias e o Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra 
O governador Wellington Dias também comentou a respeito de outra parceira firmada. “Acertamos aqui uma parceria para aprimorar o programa da primeira infância. Queremos preparar a família e dar a maior assistência possível para que a criança nos seus primeiros dias seja saudável e tenha todas as condições para o desenvolvimento durante toda a vida. Acertamos outra parceria para a área de inclusão produtiva, ou seja, trabalhar as condições de que através de uma renda elevada, as pessoas tenham possibilidade de empreendimento. Ele anunciou um programa nessa área de microcrédito, e nós estaremos trabalhando também para que por meio desta parceria, possamos garantir as condições de uma integração dos três governos [municipal, estadual e federal]”, pontuou.


Segundo Wellington Dias, o Piauí possuía em 2003 cerca de 900 mil famílias atendidas pelo programa Bolsa Família. Atualmente, o número é de aproximadamente 450 mil. “O ministro está assegurado em trabalhar e vai contar com a nossa contribuição a fim de tirar uma barreira, que é o medo de perder o bolsa família, então vamos trabalhar junto ao Congresso Nacional para que possamos tirar juntos esse problema, garantindo que quando as pessoas arranjarem um emprego, vá trabalhar de carteira assinada, e se alguma coisa der errada, possa haver um retorno naquela renda que a pessoa tinha antes, que é a do bolsa família”, finalizou o governador.


O ministro acrescentou a fala de Wellington Dias pontuando o avanço do estado nessa área assistencial. “Eu quero frisar que o Piauí teve um desempenho melhor do que outros Estados no Brasil, e com isso reduziu a necessidade que o governador colocou do Bolsa Família, pelo menos em relação a expectativa que se tinha, e isso não aconteceu no restante do país. O Brasil tinha 4 milhões de famílias no Bolsa Família e hoje tem 14 milhões. Devemos ter uma política para ajudar essas pessoas a se mancipar e não depender a vida inteira do programa”, elogiou Osmar Terra.


INSS

Antes da reunião com o governador, Osmar Terra conversou também com o gerente-executivo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Piauí, Ney Ferraz Júnior, onde foram conversados assuntos como expansão, reformas nas agências e na sede da Gerência Executiva.

Nenhum comentário: