BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Parentes e aliados de prefeito passam em concurso público e gera revolta em concurseiros em Bom Princípio do PI

O concurso público da prefeitura de Bom Princípio do Piauí realizado no último dia 22 de janeiro de 2017, por meio da Água Marinha Consultoria, empresa situada em Parnaíba (PI); gerou muitos questionamentos dos participantes, desde local impróprio, até a lista dos aprovados.


O certame autorizado pelo prefeito reeleito, Francisco Apolinário Moraes (PSDC), teve a participação de muitas pessoas que se deslocaram de outros municípios, na qual tiveram que pagar taxas de inscrição entre R$ 60, 80 e até 100 reais, no intuito de pleitear uma das 62 vagas.

O que chamou a atenção e deixou irritados os participantes foi à desorganização e a suspeita de fraude. Segundo as denúncias, dentre os aprovados e classificados estão primos e um irmão do prefeito, a esposa do prefeito, vereadores da base governistas, esposas e filhos dos referidos vereadores, servidores comissionados da atual gestão e secretários municipais. 


Outro detalhe que chamou atenção foi o cartão resposta, que normalmente já vem preenchido com nome, RG, e todos os detalhes dos candidatos, e no caso do concurso de Bom Princípio os cartões eram preenchidos na hora, o que segundo os concorrentes gera desconfiança de que poderia ocorrer fraude.


Ainda de acordo com as denúncias as mesmas provas aplicadas pela manhã, foram aplicadas à tarde para candidatos diferentes, o que aumentou ainda mais a desconfiança das pessoas que participaram pela manhã. Segundo uma denunciante de Parnaíba; a prova que fez foi aplicada em uma escola infantil e os adultos tiveram que sentar em cadeiras pequenas e improprias, ocasionando desconforto e falta de concentração.

ASSISTA ABAIXO A REPORTAGEM EXIBIDA NA TV MEIO NORTE:

Alguns participantes pedem justiça e dizem que irão acionar o Ministério Público em razão do que alegam ser ilegal. Nossa reportagem não teve acesso a empresa que realizou o concurso e nem a prefeitura de Bom Princípio. Ambas ainda não emitiram nota sobre as inúmeras denúncias dos participantes.

Fonte: Blog do Pessoa
Via: Blog Veja Parnaíba

Nenhum comentário: