BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Pesquisa revela que Wellington e Lula venceriam eleições com folga em 2018

Se as eleições fossem hoje, o governador do Piauí, Wellington Dias, estaria reeleito com ampla maioria de votos. É o que mostra o resultado da pesquisa do Instituto Datamax, divulgada nesta segunda-feira (13). Pelos números do Datamax, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, também se elegeria em primeiro turno para retornar ao poder, se para tal feito dependesse apenas do voto do piauiense.


Na pesquisa espontânea, Wellington Dias aparece na frente com 42% das respostas. Os eleitores que não souberam responder ou não opinaram somaram 28%. Firmino Filho foi o nome mais lembrado pelos entrevistados depois de Wellington Dias, com 10% das opiniões, seguido de Sílvio Mendes, com 3,71%, Elmano Ferrer, com 3,29%, nulos e brancos, 2%, Wilson Martins, 1,86% e Dr. Pessoa, com 1,43% foram os nomes que passaram do 1% das entrevistas.

O instituto simulou várias situações de disputa, com Wellington Dias sempre na frente dos adversários. Contra João Henrique (PMDB), que ficou com 12,29% das intenções, Wellington Dias aparece disparado com 76,86%. Contra Wilson Martins (PSB), que ficou com 25,43%, Wellington Dias obteve 64,14% das respostas.

Se disputasse com João Vicente Claudino (sem partido), com 11,86%, o petistas levaria em primeiro turno, com 75,43%, a maior diferença registrada na pesquisa. Contra Firmino Filho, a diferença cai, mas a vitória seria em primeiro turno: 56,57% de Wellington Dias contra 37% do prefeito tucano.


A menor diferença foi registrada numa eventual disputa do atual governador com Sílvio Mendes (PSDB), que ficou com 38,57%. Wellington Dias terminou com 56,43% das intenções de votos dos entrevistados.

Lula lá, de novo

Em relação á Presidência, a pesquisa espontânea revelou que ainda é grande o número de eleitores indecisos, com 42% das respostas dos eleitores de que não sabiam ou não queriam opiniar. Lula vem logo a seguir, com 33,86% das respostas. Dilma apareceu em terceiro, com 7,71%. Nulo e brancos somaram 5%. Bolsonaro, com 3%, Michel Temer, com 2,57% e Aécio Neves, com 1,71% completam o quadro.

Na pesquisa estimulada, Lula aparece com 61% das intenções contra 7.43% de Aécio, 7,29% de Bolsonaro, 4,43% de Ciro Gomes e 3,43% de Michel Temer.

Deputado estadual

Para a Assembleia Legisltiva, 72,43% ainda estão indecisos (não sabem ou não opinaram). Os nomes mais lembrados na pesquisa espontânea foram Teresa Brito (PV) e Dr. Pessoa (PSD), com 1,49%, seguidos de Rejane Dias (PT) e Themístocles Filho (PMDB), com 1,29%.

Deputado federal

Para deputado federal, 66,43% ainda estão sem candidatos. Os entrevistados responderam que votariam em Fábio Abreu, do PTB, (4,43%), Silas Freire, do PR (4,14%); Rejane Dias (PT, com 2,14%), Robert Rios (PDT) e Marcelo Castro (PMDB, com 1,71%) e Heráclito Fortes (PSB, com 1,14%).

Senado

Para o Senado, os nomes mais lembrados pelos entrevistados foram Wilson Martins, PSB (33,71%), Robert Rios (33,14%), Ciro Nogueira, do PP (31,43%), Regina Sousa, PT (28,43%), JVC (16,43%) e Júlio Cesar, do PSD (16,14%).

Governos

A pesquisa também ouviu os eleitores sobre as administrações de Firmino Filho, Wellington Dias e Michel Temer. Firmino tem a aprovação de 59% dos entrevistados contra 41% que não aprovam sua gestão. Já Wellington Dias tem a aprovação de 73,14% das pessoas ouvidas, contra 26,43% que não aprovam seu governo. Apenas 0,43% não souberam ou não quiseram opinar. O governo do presidente Temer não tem aprovação de 85,29%. Apenas 12,71% estão satisfeitos com a administração do peemedebista. 2% não souberam ou não quiseram opinar.

Nenhum comentário: