BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Assista a reportagem da TV Meio Norte: Casal acusado de matar jovem por divida de R$ reais é transferido para presídio de Parnaíba

O casal João Rodrigues Veras de Normandia, o "Rodrigo", de 19 anos, e Ana Maria de Araujo, de 26 anos, autor e participe, respectivamente, do assassinato do jovem Antonio Aparecido Farias Moreira, vulgo "Sebo" foram transferidos na tarde desta quinta-feira (25/05) para a Penitenciária Mista de Parnaíba, onde ficarão reclusos a disposição da justiça. 


Sebo foi morto depois de ser golpeado na altura do peito esquerdo com duas perfurações produzidas por um punhal, fato ocorrido na madrugada da última segunda-feira, 22 de maio, no interior de sua residência, localizada no Bairro Santa Teresinha em Cocal, município da região Norte do Piauí. [CLIQUE AQUI e reveja]


A Pericia Criminal esteve no local e confirmou que duas perfurações mataram o jovem. “Uma [perfuração] na altura do tórax abaixo da região da subclávica esquerda, e outra na região superclávica. Duas pegaram o pulmão e essa na região subclávica houve uma incisão com torsão do instrumento, abriu um buraco bem grande, que atingiu os vasos do coração e por isso ele perdeu muito sangue”, afirmou o perito Péricles Avelino.

De acordo com a delegada Daniella Dinali, o casal acusado de praticar o homicídio se apresentou espontaneamente na Delegacia de Polícia Civil.

VEJA ABAIXO A REPORTAGEM EXIBIDA NA TV MEIO NORTE:

“Está tudo sendo investigado, embora os primeiros levantamentos indiquem que ele tenha sido o autor e que ela teve participação. Os fatos só ocorreram por causa da participação dela. Esse rapaz, o “Sebo”, ele já era conhecido da polícia, com passagens por furto e era usuário de drogas”, afirmou.

O acusado e a namorada confessaram o crime que, segundo eles, teve como motivação uma dívida de R$5 (cinco reais) referente a um par de brincos que ela vendeu para a vítima. 

“A gente estava junto em um barzinho, aí ela [Ana Maria] cobrou um par de brincos dele. Ele já estava meio alterado e os dois começaram a 'se pegar' lá no chão, e aí depois eu fui tirar satisfação com ele. Depois eu fui na casa dele, aí ele se armou. Ele veio para cima de mim e eu acabei matando ele”, confessou João Rodrigues.


Ana Maria afirmou que o crime ocorreu por conta de uma dívida de R$ 5. “Foi por causa de um brinco que ele estava me devendo. Nós estávamos bebendo e aí eu cobrei ele. Eu perguntei por meu dinheiro, ele, alterado, veio para cima de mim e aí nós brigamos. Ele saiu para fora e pegou um facão”, detalhou.

Maria Assunção de Faria, tia da vítima, conta que pediu várias vezes para o sobrinho deixar o submundo das drogas. “Eu pedi para ele largar essas drogas. Eu pedia para ele ir para a Igreja, mas ele não queria quis ir”, disse.

Nenhum comentário: