BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ato de vandalismo em escola de Cocal dos Alves é atribuído a grupo intitulado 'Bonde do Belém'


As investigações da Polícia Civil atribuem a quatro indivíduos que se autodenominam como "Bonde do Belém", como sendo os autores de dois atos criminosos ocorridos em ocasiões adversas na Escola Municipal Teotônio Ferreira Brandão, situada no município de Cocal dos Alves, região norte do Piauí. O ato de vandalismo chocou alunos, servidores da escola e a comunidade em geral. [CLIQUE AQUI e reveja

ASSISTA ABAIXO A REPORTAGEM EXIBIDA NA REDE MEIO NORTE:

O primeiro caso foi registrado na madrugada do dia 20 de maio (sábado), na qual os larápios arrebentaram portas e janelas e subtraíram da unidade de ensino vários kits esportivos (bolas de futebol e vestimentas de jogador) e pacotes de leite da merenda escolar. Três dias depois (terça-feira), também durante a madrugada, o grupo voltou a agir no colégio e além de furtaram diversas coisas de valor, eles ainda picharam e incendiaram duas salas (diretoria e secretaria).


No segundo ato criminoso o bando pichou as paredes com injúrias, difamações e ameaças. Em seguida atearam fogo nas salas que continham computador, geladeira, mesas, cadeiras, armários, dentre outros móveis e eletros, além de troféus, certificados e medalhas de conquistas dos alunos em olimpíadas de conhecimento foram destruídos pelas chamas. Depois o bando fugiu levando consigo um netbook, dois aparelhos data shows, uma impressora, uma caixa amplificadora e vários outros eletroeletrônicos.


Um adolescente de 16 anos acabou sendo apreendido pela Polícia Civil no inicio da noite do último sábado, dia 27 de maio, ao ser flagrado em Cocal tentando vender um netbook furtado da Escola Teotônio Ferreira Brandão. Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Cocal para prestar esclarecimentos, onde negou envolvimento no ato de vandalismo e mesmo em flagrante delito pelo ato infracional equiparado ao crime de receptação, ele teve que ser liberado depois do depoimento conforme os moldes da lei brasileira.


A Polícia Civil tentou localizar os outros três suspeitos, mas não obteve êxito. A intimação foi entregue aos pais/responsáveis, que se comprometeram em apresentar os garotos no distrito policial na data e hora marcada pela autoridade competente.


O Grupamento da Polícia Militar de Cocal dos Alves recuperou nesta segunda-feira (29), no povoado Porcos, zona rural do município, um aparelho data show, uma caixa amplificadora, bolas e alguns fios de uma impressora. Todo o material foi furtado da Escola Teotônio Ferreira Brandão.

Print da conta do Facebook de um dos suspeitos.

Nenhum comentário: